Atuar no lugar do seu dia a dia com o mundo nas mãos
para fazer do mundo uma só família no amor!

"Os cristãos leigos são homens e mulheres da Igreja no coração do mundo, homens e mulheres do mundo no coração da Igreja!" (PUEBLA 789)

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Nova Direção Regional Xaveriana do Brasil Sul

Se ouvires a voz de Jesus que vos chama, respondam generosamente: "Iremos te seguir por qualquer caminho, iremos a qualquer lugar, será nossa glória ficar por toda vida às tuas ordens." 
São Guido Maria Conforti

Os queridos padres xaverianos ouviram este chamado de Deus e responderam o seu sim consagrando sua vida à serviço.

E na cidade de Curitiba entre os dias 05 e 12 de janeiro ocorreu o XVI Capítulo Regional Xaveriano, que dentre uma agenda bem grande de atividades, avaliou os três últimos anos da caminhada dos Missionários Xaverianos na região, planejou o próximo triênio e elegeu a nova direção regional.

O Superior Regional eleito foi o mexicano padre Rafael Lopez Villasenor, como Vice o padre Augustin Mukamba Basubi que é congolês e como Conselheiros os padres Thiago Rodrigues, brasileiro, Estevão Raschietti, italiano e Felipe Garcia, mexicano.
Padres Estevão Raschietti, Thiago Rodrigues, Rafael Lopez, Augustin Mukamba e Felipe Garcia

Que o Espírito Santo de Deus continue a iluminar os caminhos da Congregação Xaveriana e conduza todos os padres xaverianos, em especial s padres eleitos para Direção Regional do Brasil Sul!

Uma coordenação jovem, surpreendente, internacional e bem representativa. Nós Leigos contamos com o apoio de todos vocês! Parabéns e ótimo trabalho!!

Padres Missionários Xaverianos da região Brasil Sul




terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Presença dos Leigos - Capítulo dos padres Xaverianos

Os padres missionários xaverianos do Brasil Sul estão ouvindo a voz do fundador São Guido Maria Conforti e buscam abrir espaço aos Leigos Missionários Xaverianos. Inclusive seguindo a orientação da Direção Geral dos Xaverianos e oferecendo apoio e espaço para os Leigos.
Sábado, dia 07 de janeiro de 2017 na Casa de Retiros Sagrado Coração de Jesus em Curitiba/PR onde estão reunidos 35 padres para o Capítulo Xaveriano, aconteceu um bonito e significativo encontro. Os Leigos Xaverianos do Brasil Sul foram convidados a estar presentes. Patricia Nunes Araujo, coordenadora do Laicato esteve com seu esposo Ricardo Araujo e também a vice coordenadora Elizete Toledo e Maria Angélica Kovalhuk que é secretária do grupo. 

De pé: Padres Natalio Fornasier, Alessandro Zanchi, Igino Giovanelli, Luis, Rafael Lopez, Alfiero Teresolli, Betinho, Mario Tognalli, Giovani Mezadri, Jorge Villagones, Camilo Didone, Gabriel Guarniere, leiga Patricia Nunes, Padres Domenico Costela, Fabio Castelli, Claudio Bicego, Luiz Toledo, José Maria Ribeiro, Miguel Delgado, Leão Occhio, leiga Elizete Toledo, padres Claudio Marinone, Domenico Borotti, João Bortolocci, Gianinno Calderaro.
Agachados: padres Felipe Garcia, Lucas Marandi, Augustin Mukamba, Santos Hernandez, Aleixo Veras, Crispim de Jesus, Gionanni Murazzo e a leiga Maria Angelica Kovalhuk.
Após tomarem juntos com os padres o café da manhã os leigos tiveram um pouco mais de uma hora de apresentação dirigida a todos os padres, onde foi possível ressaltar a importância dos padres xaverianos na construção da história dos leigos. Foi destacado o exemplo e testemunhos recebidos dos padres que passaram pelas comunidades e o quanto esta presença ainda é muito valorosa. Muitas pessoas conheceram a Jesus, que dá novo horizonte à vida através dos trabalho de muito que estavam reunidos naquele salão.

Foi apresentada a composição da Coordenação dos Leigos e seus atuais membros, a missão institucional. Ainda onde estão localizados cada grupo regional e onde deverá se desprender esforços para que mais grupos iniciem a caminhada.

A ideia inicial foi atualizar os padres todos da caminhada dos Leigos, que organizados estão desde novembro de 2010. As atividades em andamento foram apresentadas, os subsídios de formação, bem como quando e com que frequência os grupos se reúnem, ressaltando as particularidades de cada grupo e as ações de promoção para o ano de 2017.

Apresentando o folheto que foi produzido em novembro de 2016 foi possível mostrar as três dimensões do Laicato: joelhos que rezam, mãos que ajudam e pés que partem que estão sendo construídas ao longo dos últimos seis anos.
Ainda foi lembrado o padre Luigi Menegazzo falecido no último dia 18 de dezembro, que em julho de 2016 esteve no Brasil juntamente com o vigário padre Mario Mula, enquanto Direção Geral dos Xaverianos, deram total apoio, incentivo e motivação ao grupo de Leigos do Brasil Sul mostrando muito interesse em conhecer a atuação dos Leigos. E foi evidenciada a vontade da Direção geral em colocar em contato os Leigos dos demais países.

A Elizete teve oportunidade de falar da motivação, emoção, vivência e desafios que teve ano passado na Guiné Bissau - África do Sul e a Patricia falou sobre a vivência no Alto Solimões - Amazonas que ocorreu em setembro passado à convite do Bispo Xaveriano Dom Adolpho Zon.


Foi colocado ainda o sonho dos Leigos de realizar o Projeto do primeiro envio missionário por parte do Laicato Xaveriano no Alto Solimões de dois leigos inicialmente por um período de seis meses.

E para encerrar a participação dos Leigos no Capítulo foi apresentado o que os leigos esperam e precisam dos padres: apoio, motivação, inspiração, assessoria, direção espiritual, divulgação, formação, presença nas atividades e encontros promovidos pelos leigos, ações missionárias nas paróquias xaverianas e unidade, comunhão e sintonia entre Leigos e a Congregação na construção de uma igreja viva e atual que vai ao encontro do outro.

Os canais de contato foram abertos para que dúvidas, sugestões, esclarecimentos sejam realizados caso se faça necessário.

Enfim, após toda partilha, carinho e acolhimento entre leigos e padres, foi encerrada a participação dos leigos no Capítulo de 2017.

Os quatro leigos Elizete, Maria Angélica, Patrícia e Ricardo se reuniram em seguida na Capela da Casa de Retiros para agradecer a oportunidade, o presente que os leigos receberam com este convite e pedir pela intercessão de São Guido Maria Conforti, São Francisco Xavier e Santa Terezinha do menino Jesus, padroeiros das missões, que os caminhos do Laicato e da Congregação estejam ligados, unidos e prontos a servir, se dispor e estar sempre em missão. Que o Espírito Santo de Deus ilumine a todos!

leigosmxaverianos@gmail.com

Por Patricia Nunes Araujo












De pé: Padres Natalio Fornasier, Alessandro Zanchi, Igino Giovanelli,  Estevão Rachietti, Luis, Rafael Lopez, Alfiero Teresolli, Betinho, Mario Tognalli, Thiago Rodrigues, Giovani Mezadri, Jorge Villagones, Camilo Didone, Gabriel Guarniere, leiga Patricia Nunes, Padres Domenico Costela, Fabio Castelli, Claudio Bicego, Luiz Toledo, José Maria Ribeiro, Miguel Delgado, Leão Occhio, leiga Elizete Toledo, padres Claudio Marinone, Domenico Borotti, João Bortolocci, Gianinno Calderaro.
Agachados: padres Felipe Garcia, Lucas Marandi, Augustin Mukamba, Santos Hernandez, Aleixo Veras, Crispim de Jesus, Gionanni Murazzo e a leiga Maria Angelica Kovalhuk.
Sentado: Ricardo Araújo e à frente da selfie Patricia Nunes




sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

NATAL É TEMPO DE SONHAR!

NATAL NAS PEQUENAS COMUNIDADES

Natal é tempo da Palavra de Deus: “A Palavra se fez carne e habitou entre nós” e nos desafia a sermos comunidades bíblicas.

Natal é tempo de acolhimento: Jesus é acolhido numa pobre manjedoura e nos convida a sermos comunidades acolhedoras.

Natal é tempo de solidariedade: “Deus assume a nossa humanidade para revelar que Ele é um Deus Conosco e nos impulsiona a sermos comunidades solidárias.

Natal é tempo de oração: “Agora Senhor, podes deixar o vosso servo ir em paz porque meus olhos viram a vossa salvação” e nos impele a sermos comunidades orantes.


Natal é tempo de ser Igreja: “Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, eu estou no meio deles” e nos desafia a sermos pequenas comunidades eclesiais.

Natal é tempo de missão: “Eu vos anuncio uma Boa Notícia, nasceu hoje para vós o salvador”  e nos impulsiona a sermos comunidades missionárias.

Natal é tempo de Fraternidade: Jesus veio nos revelar que Deus é nosso Pai e que nós somos todos irmãos e nos impele a sermos comunidades fraternas.

Natal é tempo de celebrar: “Vamos à casa do Senhor com alegria” e nos convida a sermos comunidades celebrativas e a fazermos a experiência do quanto Deus nos ama ao ponto de assumir a nossa humanidade para que nós possamos crescer em divindade.

Desejo à você, sua família e sua comunidade um Feliz Natal e um Ano Novo mais pleno e comprometido com a vida em comunidade.


joaobortoloci@bol.com.br