Atuar no lugar do seu dia a dia com o mundo nas mãos para fazer do mundo uma só família no amor!

"Os cristãos leigos são homens e mulheres da Igreja no coração do mundo, homens e mulheres do mundo no coração da Igreja!" (PUEBLA 789)

terça-feira, 6 de maio de 2014

FLOR DE MAIO

CHAMADOS A SERMOS MATERNOS COMO MARIA, COMO  DEUS.

Maio, mês de Maria, mês das mães e da maternidade. O papa João Paulo I viveu pouco a sua missão como papa, mas deixou uma frase marcante: “Deus é mais que um Pai, é uma Mãe”. Ele é a fonte da vida, é amor. Somos filhos amados de Deus!

Maria significa a amada e foi escolhida por Deus para ser a mãe do Salvador, e com Ele, ser a testemunha do amor.

“Juntamente com o Espírito Santo, sempre está Maria no meio do povo. Ela reunia os discípulos para O invocarem (At 1,14), e assim tornou possível a explosão missionária que se deu no Pentecostes. Ela é a Mãe da Igreja evangelizadora e, sem Ela, não podemos compreender cabalmente o espírito da nova evangelização” (EG 284). “Hoje fixamos n’Ela o olhar, para que nos ajude a anunciar a todos a mensagem de salvação e para que os novos discípulos se tornem operosos evangelizadores”(cf. EG 287). “Pedimos-Lhe que nos ajude, com a sua oração materna, para que a Igreja se torne uma casa para muitos, uma mãe para todos os povos, e torne possível o nascimento dum mundo novo” (cf. EG 288).

O papa Francisco quando esteve em Aparecida nos deixou este grande desafio: “Batam à porta de Maria e ela lhes apresentará Jesus. Aprendamos com Maria a amar. O amor nos faz partir, sair de nós mesmos, ir ao encontro do outro, daquele que precisa do nosso carinho, partilha e do nosso testemunho missionário de Jesus Cristo.


Não deixemos que nos roubem a força missionária da intercessão e que Maria abençoe, de maneira especial à todas as mães.


joaobortoloci@bol.com.br