Atuar no lugar do seu dia a dia com o mundo nas mãos para fazer do mundo uma só família no amor!

"Os cristãos leigos são homens e mulheres da Igreja no coração do mundo, homens e mulheres do mundo no coração da Igreja!" (PUEBLA 789)

quinta-feira, 30 de março de 2017

São Guido, modelo de santidade, rogai por nós!

"O laicato Xaveriano e os Grupos de Amigos dos Xaverianos inspiram-se diretamente ao nosso Fundador e são um dom para a nossa Família. Quando chegou o tempo certo o nosso Fundador foi proclamado modelo de santidade para toda a Igreja." 
Padre Luigi Menegazzo, sx


São Guido Maria Conforti é exemplo de amor a Deus e dedicação ao próximo. Que a seu exemplo nós Leigos Missionários Xaverianos possamos nos engajar mais e atuar nos locais mais simples e mais carentes!!

leigosmxaverianos@gmail.com

SÃO GUIDO EM FESTA NO CÉU!

Hoje 30.03.2017, 152 anos do Nascimento de São Guido Maria Conforti, fundador dos Missionários Xaverianos.

No Crucificado uma escola!

Na Natureza um Livro!

Na missão uma escolha!



Os leigos "participantes da missão própria da Igreja"; a mulher, a quem muitas vezes solicitou elogiando seu engajamento, afinal o povo de Deus como um todo deve participar deste mutirão para a transformação da humanidade: "Façamo-nos todos apóstolos, porque todos podemos e devemos sê-lo, no estado e na condição em que a Divina Providência nos colocou" (Conforti).
Um desejo? Que a utopia de São Guido Maria Conforti se torne realidade o quanto antes com a participação de cada um de nós na construção do Reino, JÁ!

Padre Vicente Mitidieri, s.x.



Ladainha a S. Guido Maria Conforti
São Guido, chamado por Deus, desde a infância: Guiai-nos e protegei-nos
São Guido, devoto e seguidor do Crucifixo
São Guido, provado pela cruz das doenças
São Guido, devoto de S.Francisco Xavier
São Guido, Sacerdote e Bispo Missionário
São Guido, servo fiel e obediente à Divina Providência
São Guido, arauto do Evangelho nas famílias
São Guido, testemunha do amor pela Eucaristia, força da missão
São Guido, animador da devoção ao Santo Rosário
São Guido, Fundador da União Missionária do Clero
São Guido, ardoroso promotor da Missão Além-Fronteiras
São Guido, animador da catequese bíblica
São Guido, exemplo de bondade, ternura e alegria
São Guido, lutador contra os males da guerra e do modernismo
São Guido, profeta da missão no mundo moderno
São Guido, Fundador dos Missionários Xaverianos
São Guido, propagador da missão na China e no Mundo inteiro
São Guido, incansável peregrino nas visitas pastorais
São Guido, inspirador de um novo mundo como grande família
São Guido, homem de Deus e do amor ao martírio
São Guido, patrocinador, da missão local e mundial

Composta por Dom Orlando Brandes
Arcebispo de Londrina – Paraná até 2016

sábado, 4 de março de 2017

VENCENDO AS TENTAÇÕES

REALIZAR 
A JUSTIÇA DO REINO 

No Evangelho vemos Jesus que é tentado e como ele resiste o mal. Ele veio para realizar a justiça do Reino de Deus e o diabo vai tentá-lo bem aí: na sua missão
Primeira - Realizar a justiça do Reino, mediante a abundância-riqueza (vv. 1-4).O demônio quer que as coisas aconteçam através do milagre, da mágica. Mas Jesus se recusa a ser o Messias da abundância: "Não só de pão vive o ser humano, mas de tudo o que procede da boca do Senhor (cf. Dt 8,3). A palavra que sai da boca de Deus propõe liberdade e vida através da solidariedade e partilha. É assim que o Reino será construído. Foi um grande não ao deus mercado-consumismo.


Segunda - Realizar a justiça do Reino mediante o prestígio-fama (vv. 5-7).O demônio convida Jesus a precipitar-se da parte mais alta do Templo e alude à Escritura, que diz que os anjos o acudiriam. Quer dizer, manipular Deus a seu favor: Jesus é tentado a abusar do poder de Deus para se livrar das morte e dar uma demonstração pública de prestígio. É tentado a ser vedete: a ser estrela, a buscar prestígio e glória, a ser o Messias do sensacionalismo. De novo Jesus responde com a Bíblia na mão. "Também está escrito: Não porás à prova o Senhor teu Deus!” Foi um grande não ao deus fama-prazer-sexo-corpo.

Terceira - Realizar a justiça do Reino, mediante o poder.O demônio é
insistente. Leva Jesus agora para um monte muito alto. Mostra-lhe todos os reinos do mundo e suas riquezas e lhe diz: "Eu te darei tudo isso, se caíres de joelhos para me adorar". A ousadia do demônio leva à inversão mais radical. Mas Jesus se recusa a ser o Messias do poder. Quem exerce o poder oprime e explora. De novo Jesus responde com a Bíblia na mão. "Vai-te embora, Satanás, pois está escrito: Temerás o Senhor teu Deus, a ele servirás e só por seu nome jurarás" (cf. Dt 6,13). Foi um grande não ao deus dominador-explorador, latifundiário, devastador da natureza...

        Vencidas as tentações: Jesus proclama a justiça do Reino através da partilha, cumprimento da vontade do Pai e do serviço aos irmãos até a doacão da própria vida.
joaobortoloci@bol.com.br