Atuar no lugar do seu dia a dia com o mundo nas mãos para fazer do mundo uma só família no amor!

"Os cristãos leigos são homens e mulheres da Igreja no coração do mundo, homens e mulheres do mundo no coração da Igreja!" (PUEBLA 789)

terça-feira, 30 de julho de 2013

CRISTO LHE CHAMA

IDE SEM MEDO PARA SERVIR

Caríssimos Jovens
Muita paz e ardor missionário!


O Papa Francisco, grande presente de Deus para a nossa Igreja, nos visitou, nos deu um banho de acolhimento, de amor, de alegria, assumiu o “cheiro das ovelhas” juventude e povo brasileiro, esquentou o nosso coração com suas reflexões e seu testemunho sobretudo com sua opção de vida pelos pobres, desafiou-nos para sermos construtores da Igreja e protagonistas da história.

Vejam alguns trechos de suas lindas reflexões:

Também hoje o senhor continua precisando de vocês, jovens. Também hoje ele chama a cada um de vocês para segui-lo na sua Igreja, para serem missionários.
Sei que vocês apostam em algo grande, em escolhas definitivas que dêem pleno sentido para a vida.
Deixem que o Espírito Santo fale aos seus corações. Perguntem a Jesus: ‘O que quer que eu faça? O que quer da minha vida?’
Todos somos parte da Igreja. Nos transformamos em construtores da Igreja e protagonistas da História. Não deixem que outros sejam protagonistas, sejam vocês. Vocês têm o futuro nas mãos. Por vocês, é que o futuro chegará. Peço que vocês também sejam protagonistas, superando a apatia e oferecendo uma resposta cristã às questões políticas que se colocam em diversas questões do mundo. Envolvam-se num mundo melhor. Não sejam covardes, metam-se, saiam para a vida. Jesus não ficou preso dentro de um casulo. Saiam às ruas como fez Jesus.

IDE. Durante estes dias, aqui no Rio, vocês puderam fazer a bela experiência de encontrar Jesus e de
encontrá-lo juntos, sentindo a alegria da fé. Mas a experiência deste encontro não pode ficar trancafiada na vida de vocês ou no pequeno grupo da paróquia, do movimento, da comunidade de vocês. Seria como cortar o oxigênio a uma chama que arde. A fé é uma chama que se faz tanto mais viva quanto mais é partilhada, transmitida, para que todos possam conhecer, amar e professar que Jesus Cristo é o Senhor da vida e da história (cf. Rm 10,9).

         Mas, atenção! Jesus não disse: se vocês quiserem, se tiverem tempo, mas: «Ide e fazei discípulos entre todas as nações».

SEM MEDO. Alguém poderia pensar: «Eu não tenho nenhuma preparação especial, como é que
posso ir e anunciar o Evangelho»? Querido amigo, esse seu temor não é muito diferente do sentimento que teve Jeremias, um jovem como vocês, quando foi chamado por Deus para ser profeta: «Ah! Senhor Deus, eu não sei falar, sou muito novo». Deus responde a vocês com as mesmas palavras dirigidas a Jeremias: «Não tenhas medo... pois estou contigo para defender-te» (Jr 1,8). Deus está conosco!


PARA SERVIR. A vida de Jesus é uma vida para os demais. É uma vida de serviço.
Precisamos deixar que a nossa vida se identifique com a vida de Jesus,  com os seus sentimentos, os seus pensamentos, as suas ações. Evangelizar significa testemunhar pessoalmente o amor de Deus, significa superar os nossos egoísmos, significa servir, inclinando-nos para lavar os pés dos nossos irmãos, tal como fez Jesus. Não se esqueçam: vocês são o campo da fé! Vocês são os atletas de Cristo! Vocês são os construtores de uma Igreja mais bela e de um mundo melhor .

Ide, sem medo, para servir. Seguindo estas três palavras, vocês experimentarão que quem
evangeliza é evangelizado, quem transmite a alegria da fé, recebe alegria. Queridos jovens, regressando às suas casas, não tenham medo de ser generosos com Cristo, de testemunhar o seu Evangelho. Jesus Cristo conta com vocês! A Igreja conta com vocês! O Papa conta com vocês! Que Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe, lhes acompanhe sempre com a sua ternura: «Ide e fazei discípulos entre todas as nações». Amém.

DEUS SEJA LOUVADO por tantas graças e bênçãos derramadas sobre nós, sobre a Igreja, sobre o Brasil e sobre o mundo inteiro com a presença do Papa Francisco nesta Jornada Mundial da Juventude em nosso País.

“BOTE FÉ”


Se você Jovem sentir que Deus lhe chama para Consagrar sua vida pela causa do anúncio do
Evangelho em todas as nações, veja o que diz o Fundador da Congregação dos Missionários Xaverianos para você: “Responda generosamente. Iremos lhe seguir por qualquer caminho, iremos a qualquer lugar, será nossa glória ficar por toda vida às suas ordens”. (São Guido Maria Conforti)

ESCREVA PARA NÓS!



sexta-feira, 26 de julho de 2013

ESPERANÇA NA JUVENTUDE

O PAPA  DAS SURPRESAS DE DEUS

Chegou a grande SEMANA DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE e com ela a
chegada do PAPA FRANCISCO. Ele parte carregando sua pequena mala e chega com alegria distribuindo o acolhimento e a ternura que vem de Deus.

O PAPA DO POVO

Há um ditado que “Deus escreve certo por linhas tortas” e foi isso que aconteceu já na chegada com o erro do percurso do aeroporto para a Catedral onde o papa se viu no meio do povo, cercado pelo povo, sem medo do povo, sobretudo dos pobres. Fica com o vidro da porta do carro aberto saudando, tocando e sendo tocado pelo povo. Os jornais internacionais chamaram a atenção das autoridades brasileiras pelo risco que deixaram o papa correr. Porém ele quer correr o risco e tomou um banho do amor, do carinho e da fé do povo brasileiro e, ao mesmo tempo deu um banho de ternura.

O PAPA QUE ACREDITA NOS JOVENS

Chegou pedindo licença para entrar em nossa casa batendo na porta do coração. Exalta a afetividade e o carinho do povo brasileiro e nos trás com presente nem ouro e nem prata e sim  Jesus Cristo. Fala com simplicidade e autoridade usando ditados populares como “a juventude é a pupila dos nossos olhos”. Precisamos cuidar com carinho dela senão vamos andar nas trevas. A juventude é a janela por onde entra a esperança no mundo e Cristo bota fé nos jovens e os convoca para serem discípulos e fazer discípulos entre todas as nações.

O PAPA DA TERNURA

Manifesta de muitas maneiras a ternura de Deus Pai e Mãe, de maneira
especial no encontro com as crianças. Já foram muitas as crianças abraçadas e beijadas pelo papa neste pouco tempo de presença no Brasil. Ele mesmo toma a iniciativa de pedir para  parar o carro para acolher os pequenos. Porém ele mesmo diz que não basta um abraço, é preciso estender a mão, ser defensor da vida. O seu olhar de ternura diante de Imagem de Nossa Senhora Aparecida tocou profundamente no coração do povo.

O PAPA DA DEVOÇÃO MARIANA

Viemos bater à porta da casa de Maria e entregar para ela a Jornada Mundial da Juventude. Ela abriu-nos, fez-nos entrar e nos aponta o seu Filho. Agora Ela nos pede: «Fazei o que Ele vos disser» (Jo 2,5). Sim, Mãe nossa, nos comprometemos a fazer o que Jesus nos disser! E o faremos com esperança, confiantes nas surpresas de Deus e cheios de alegria. Sem Cristo não há luz, esperança e futuro. Longe dele o vinho da alegria se esgota. Sempre que tivermos uma cruz para carregar, Maria está ao nosso lado para nos ajudar. Recebe de presente a imagem de Nossa Senhora Aparecida, beija-a com ternura, abençoa o povo com ela e sai no final da celebração com ela ao colo saudando com alegria os devotos marianos.

O PAPA DO CONCÍLIO VATICANO II

Na celebração dos 50 anos do Concílio Vaticano II a Igreja recebeu de
presente o Papa Francisco que está resgatando a imagem da Igreja “Povo Deus”. Ele disse que o Documento de Aparecida é fruto do trabalho dos pastores mas também da fé do povo simples dos romeiros e devotos de Nossa Senhora. Ele vem para confirmar, revigorar a nossa fé e nossa caminhada de Igreja  “Povo de Deus”. Vem acender em nossos  corações a esperança de uma Igreja que se renova, que continua a sua incessante reforma. Quantos gestos significativos: pela primeira vez um papa subiu a escada do avião carregando nas mãos a sua maleta, sem confiá-la aos seus colaboradores. Eleito papa no dia  13 de março, antes de dar a bênção apostólica ao povo, pediu que o povo invocasse para ele a bênção de Deus e se inclinou em um silêncio de adoração a Deus, de oração a Deus, mas também de profunda comunhão. Em muitos momentos recordou a presença da Igreja que nos acompanha e que conta conosco na missão de evangelizar.

O PAPA DA ESPERANÇA

Falando aos Jovens da dependência química fez um apelo: “não deixem que lhes roubem a esperança.Não roubemos a esperança dos outros. Sejamos portadores de esperança. Os jovens experimenta muitos ídolos que parecem dar esperança porém que levam a frustrações profundas. Não esqueçamos o nosso compromisso missionário de levar a Palavra de Deus à todos, sobretudo aos que mais sofrem. Precisamos trabalhar contra a sociedade do descartável e do egoísmo. Na homilia da Missa em Aparecida deixou-nos três atitudes fundamentais:
1- Conservar a esperança: porque a força de Deus é mais forte do que o mal. Tenham sempre no coração esta certeza: Deus caminha a seu lado.
2- Deixar-se surpreender por Deus: Deus sempre nos reserva o melhor e nos surpreende com o seu amor.
3- Viver na alegria: Se estivermos verdadeiramente enamorados de Cristo e sentirmos o quanto Ele nos ama, o nosso coração se “incendiará” de tal alegria que contagiará quem estiver ao nosso lado. 

“Queridos irmãos e irmãs, sejamos luzeiros de esperança! Tenhamos uma
visão positiva sobre a realidade. Encorajemos a generosidade que caracteriza os jovens, acompanhando-lhes no processo de se tornarem protagonistas da construção de um mundo melhor: eles são um motor potente para a Igreja e para a sociedade”.

MUITO OBRIGADO PAPA FRANCISCO

Pe. João Bortoloci Filho


MARIA, BATO À SUA PORTA

ORAÇÃO  DO PAPA FRANCISCO À NOSSA SENHORA APARECIDA


"Mãe Aparecida, como Vós um dia,
assim me sinto hoje diante
do vosso e meu Deus,
que nos propõe para a vida uma missão
cujos contornos e limites desconhecemos,
cujas exigências apenas vislumbramos.
Mas, em vossa fé de que
"para Deus nada é impossível",
Vós, ó Mãe, não hesitastes,
e eu não posso hesitar.

Assim, ó Mãe, como Vós,
eu abraço minha missão.
Em vossas mãos coloco minha vida
e vamos Vós-Mãe e Eu-Filho
caminhar juntos, crer juntos, lutar juntos,
vencer juntos como sempre juntos
caminhastes vosso Filho e Vós.

Mãe Aparecida,
um dia levastes vosso Filho
ao templo para O consagrar ao Pai,
para que fosse inteira disponibilidade
para a missão.
Levai-me hoje ao mesmo Pai,
consagrai-me a Ele com tudo
o que sou e com tudo o que tenho.

Mãe Aparecida,
ponho em vossas mãos,
e levai até o Pai a nossa e a vossa juventude,
a Jornada Mundial da Juventude:
quanta força, quanta vida,
quanto dinamismo brotando e explodindo
e que pode estar a serviço da vida,
da humanidade.

Finalmente, ó Mãe, vos pedimos:
permanecei aqui,
sempre acolhendo vossos filhos
e filhas peregrinos,
mas também ide conosco,
estai sempre ao nosso lado
e acompanhai na missão
a grande família dos devotos,
principalmente quando
a cruz mais nos pesar,
sustentai nossa esperança e nossa fé".

sábado, 13 de julho de 2013

EIS-ME AQUI, SENHOR!

CONSAGRAÇÃO DO MATIAS

Caríssimos irmãos e irmãs, foi muito bonita a celebração da consagração a Deus do jovem Matias. Ser consagrado significa deixar Deus ser o Senhor absoluto da  nossa vida. Significa pertencer a Deus, ser todo de Deus e todo do povo, como Maria, mãe de Jesus e nossa mãe. Vai aqui alguns pontos da homilia feita na Celebração Eucarística.
Matias, eu sei que hoje na cerimônia da sua consagração  vamos fazer algumas perguntas pra você. Más eu gostaria de começar já colocando a pergunta que Jesus fez para os apóstolos. Quem sou eu pra vocês? Eu sei que você
partilha da resposta que Pedro deu: Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo. Más Jesus fez uma pergunta diretamente para Pedro no Evangelho narrado por S. João que ouvimos na missa da vigília: Pedro, Tu me amas? E pergunta por três vezes. Jesus o interroga sobre a realidade que é mais profunda e verdadeira em Pedro, escava no fundo desse homem e procura o que há de melhor nele, aquilo que sabe nunca ter desaparecido da alma dele. É a pergunta fundamental onde se joga o destino do homem, da Igreja e da própria Vida Religiosa Consagrada, Missionária. Esta mesma pergunta Jesus já fez pra você: Matias, você me ama ? Eu sei que você respondeu assim: Tu sabes, Senhor que eu te amo e vou te amar sempre.

Meu irmão JOSÉ MATIAS, que interessante foi a escolha de Matias para ocupar o
lugar que Judas tinha deixado vazio entre os 12 Apóstolos. Pedro diz: Há outros homens que nos acompanharam o tempo todo em que o Senhor Jesus vivia em nosso meio desde o batismo de João até sua subida ao céu. Agora é preciso que um deles se junte a nós para testemunhar a ressurreição de Jesus Cristo. E foi apresentado entre um grande grupo, dois; José, chamado Bársabas e também Matias e depois de rezarem escolheram Matias para fazer parte dos doze. Que interessante: você Matias pegou o nome dos dois: José Matias. Que o testemunho dos dois lhe ajude a ser sempre testemunha de Jesus Cristo em sua teologia na Itália e em toda parte onde você for ser missionário do Senhor.  Que a intercessão de S. Guido Maria Conforti, nosso fundador, de S. Francisco Xavier e de Santa Terezinha do menino Jesus, padroeiros das missões, renove sempre em você o seu ardor missionário para testemunhar e anunciar Jesus Cristo com alegria. O lema do nosso Fundador é: O amor de Cristo nos impulsiona. O que caracteriza o Consagrado(a) o missionário(a) é sua profunda paixão pelo Cristo vivo, o Cristo pascal. São os apaixonados pelo Reino que  contagiam os homens e mulheres de todas as raças e culturas. O ardor missionário rompe com a acomodação e a rotina e impele a Igreja a ir além de suas  fronteiras  para testemunhar o amor de Cristo e anunciar a sua palavra.

Diante da profissão de fé de Pedro Jesus vai lhe dizer: Tu és Pedro e
sobre esta Pedra eu edificarei a minha Igreja: Em Grego Pedro= Petros e significa pedra ou pedregulho, algo que se pode pegar e lançar, ao passo que pedra = petra e significa a “rocha onde se assenta o edifício. Então Pedro é a pedrinha, pedregulho. Você também Matias. A Pedra é Jesus Cristo e seu projeto do Reino de Deus.
Matias, irmãos e irmãs, somos pedrinhas, pedregulhos mas como Pedro e Paulo podemos nos tornar colunas da Igreja que tem Jesus Cristo como fundamento. Más também podemos nos tornar pedra de tropeço se não formos fiéis ao projeto de Deus ou quando queremos ser a pedra fundamental. Somos chamados a sermos pedrinhas vivas na edificação da Igreja de Jesus Cristo. Como a Pedro, Jesus diz para você Matias, neste dia de sua consagração a Deus: Feliz é você porque não foi um ser humano que te deu esta vocação, más o meu Pai que está no céu.

         Eu sei que você, Matias, vai passar por dificuldades nos lugares e missão por
onde andar, porém as leituras de hoje tanto a dos Atos dos Apóstolos como a Carta de Paulo a Timóteo nos comunica muita força e esperança: “Enquanto Pedro era mantido na prisão, a Igreja rezava continuamente a Deus por ele” (At 12,5) ; e o Paulo nos diz: “Mas o Senhor esteve ao meu lado e me deu forças, ele fez com que a mensagem de Jesus Cristo fosse anunciada por mim integralmente e ouvida por todas as nações, e eu fui libertado da boca do leão” (2Tm 4,17).

Que a exemplo de Paulo, possamos chegar ao final de nossa vida e  dizer com serenidade :

  • Olhando para o passado: combati o bom combate, terminei a minha carreira
  • Olhando para o presente: guardei a fé
  • Olhando para o futuro: está reservada para mim a coroa da justiça.

Para encerrar, faço-lhe um pedido Matias: tenha sempre o seu olhar fixo em
Maria e reconheça nela a imagem perfeita de discípula missionária e não tenha receio de pedir-lhe ajuda. Peça com suas raízes caipira que seus pais comunicaram a você: 


Sou caipira Pirapora, Nossa – Senhora de Aparecida! Ilumina a mina escura e funda o trem da minha vida.


JOVEM!  


A Igreja precisa 

de mais jovens corajosos, 
capazes de consagrarem suas vidas 
pela causa da MISSÃO.
Venha ajuntar-se a nós
na Congregação dos
Missionários Xaverianos

TOPA A PARADA?
ESCREVA PARA MIM

Pe. João Bortoloci Filho